Select Menu

.

.

Foto Destaque

® Jornal Online SJPNews 2014 ™. Tecnologia do Blogger.

d

d

O saldo líquido de empregos formais gerados no mês de julho foi de 11.796 vagas, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quinta-feira (21) peloMinistério do Trabalho e Emprego (MTE). O saldo é resultado de 1.746.797 admissões e de 1.735.001 demissões. O resultado é o pior para o mês desde 1999, quando junho registrou a criação de 8.057 postos de trabalho.
A geração de empregos no governo Dilma Rousseff, com os dados de julho, atingiu 5.512.302 contratações formais. O resultado de julho ficou dentro do intervalo apontado pelo levantamento realizado com 16 instituições do mercado financeiro, que variou de retração de 55 mil vagas a criação de 33 mil em junho. A mediana esperada era de 6.051l novos postos. Pela série sem ajuste, a queda foi de 71,55% na comparação com junho de 2013, quando o total de postos de trabalho criados foi de 41.463.
Agricultura cria 9.953 vagas em julho, aponta Caged
A agricultura foi o setor que respondeu em julho por 9.953 vagas. Na comparação com o mês anterior, foi o segmento que apresentou o maior aumento no total de postos gerados, avanço de 0,60%. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta quinta-feira, 21, pelo Ministério do Trabalho e Emprego.
Em números absolutos, o setor de serviços obteve o maior incremento: 11.894 postos. Comparado ao mês anterior, o avanço foi de 0,07%. A indústria de transformação foi a única que demitiu. Foram 15.392 postos a menos.
No acumulado do ano até julho a criação líquida de empregos formais somou 632.224 vagas. A série sem ajuste considera apenas o envio de dados pelas empresas dentro do prazo determinado pelo MTE. Após esse período, há um ajuste da série histórica, quando as empregadoras enviam as informações atualizadas para o governo.
O ministro do Trabalho e Emprego (MTE), Manoel Dias, disse que a geração de empregos "chegou ao fundo do poço" em julho e que a partir de agosto os números serão melhores. A fala do ministro ocorreu nesta quinta-feira na sede do ministério. Dias avaliou que a indústria tem jogado os números para baixo. Ele observou que entre os grandes setores, foi o único que demitiu no mês. Foram 15.392 postos a menos. O ministro, no entanto, se declarou otimista em relação aos próximos meses. "A indústria já passou seu período de ajuste e agora teremos recuperação", afirmou. "Historicamente, agosto e setembro são bons para geração de emprego. Chegamos ao fundo do poço, agora vamos continuar recuperando a geração de emprego", defendeu. Segundo ele, a expectativa é de que o resultado da indústria, em agosto, deve voltar a ser positivo.
O ministro ainda defendeu que os números, a despeito de baixos, demonstram que o País ainda é "campeão em geração de emprego" e que mostra a capacidade de combater crises sem destruição de postos. Para o ministro, o restante do ano será de números melhores. Ele lembrou que o período é de contratações em função das festas de fim de ano.
Dias ainda fez questão de destacar números de Santa Catarina. Segundo ele, depois do boicote do ocidente à Rússia e da decisão do país de buscar carne no Brasil, a demanda pela proteína cresceu. Em função das compras russas, ele afirmou que 2 mil novas vagas foram criadas no Estado em julho e que a perspectiva para os próximos meses é de mais 10 mil postos. Dias ainda avaliou as políticas de estímulo ao crédito, anunciadas nesta quarta-feira, 20, pelo Ministério da Fazenda e pelo Banco Central. "O aumento do crédito vai ser um dos lados que vão ajudar na recuperação da geração de emprego", ponderou.
Comparação
O MTE, que divulgou dados do Caged de julho nesta tarde, disse que o saldo de emprego formal em julho caiu 83,89% ante julho de 2013, em dados com ajuste. No entanto, o dado do mês passado que aparece como ajustado nos documentos divulgados pela pasta, de 11.796 vagas, não contém qualquer ajuste.
O ministério, quando questionado pela reportagem, informou que não irá mais divulgar o número e observou que nas próximas apresentações do Caged o dado que apareceu hoje como "ajustado" - uma geração de vagas positiva em 11.796 - será corrigido.
GAZETA DO POVO
obras_rui_barbosa_foto_ary_portugal-6838
Quem passa pela trincheira da Avenida Rui Barbosa no cruzamento com a Avenida das Torres deve tomar mais cuidado nos próximos meses. Para a conclusão das obras do corredor Aeroporto/Rodoferroviária, meia faixa de cada lado da trincheira precisou ser isolada.
Este isolamento é necessário para a realização das escavações de fundação, que vão receber os pilares de concreto, bases que serão utilizadas na implantação da estrutura das duas novas pistas (uma em cada sentido) da Avenida das Torres.
Sob responsabilidade da COMEC – Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba, esta obra tem o objetivo de melhorar a mobilidade proporcionando mais fluidez e segurança na via que liga o Aeroporto Internacional Afonso Pena e a Rodoferroviária de Curitiba. Segundo informações da COMEC a obra deve ser concluída até dezembro deste ano.
obras_foto_ary_portugal-5987
Fotos: (Ary Portugal / PMSJP)
Seguindo com as obras de ampliação e pavimentação de ruas do programa Avança São José, mais duas importantes vias estão recendo ações da Prefeitura Municipal. No bairro Costeira, a Alameda Bom Pastor, que faz alça de acesso com o Contorno Leste, terá seu pavimento substituído por um asfalto mais resistente ao tráfego pesado da região; e a rua Antonio Molleta Filho, que junto com a Alameda Bom Pastor liga a BR 376 a Colônia Murici e ao Caminho do Vinho, receberá pavimento e calçadas novas.
Nesta região estas obras foram indicadas como prioritárias pela comunidade por meio do programa de Consultas Públicas -realizado durante o ano de 2013. Nas consultas foram ouvidos vários segmentos da sociedade, e a população pôde dar sugestões que ajudaram a construção do Plano de Ações Plurianual.
Nas duas vias os processos de drenagem, compactação do solo e construção de calçadas, meio fios e galerias estão próximos do encerramento, deixando as ruas aptas a receberem a aplicação de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ), o asfalto definitivo. A alameda Bom Pastor já ultrapassou 56% do total da obra, enquanto a rua Antonio Molleta Filho está com pouco mais de 35% dos trabalhos concluídos.
obras_foto_ary_portugal-5947
Os serviços de drenagem, compactação do solo e construção de calçadas, meio fios e galerias devem ser encerrados nas próximas semanas.
obras_foto_ary_portugal-5960
Os serviços de drenagem, compactação do solo e construção de calçadas, meio fios e galerias devem ser encerrados nas próximas semanas.
obras_foto_ary_portugal-5961
Os serviços de drenagem, compactação do solo e construção de calçadas, meio fios e galerias devem ser encerrados nas próximas semanas.
obras_foto_ary_portugal-5966
Os serviços de drenagem, compactação do solo e construção de calçadas, meio fios e galerias devem ser encerrados nas próximas semanas.
Por meio de acordo de cooperação internacional, uma comitiva formada por membros do Departamento de Saúde do governo chinês está no Brasil para conhecer os programas brasileiros relacionados ao combate ao vírus HIV.
Acompanhados de representantes do Ministério da Saúde os chineses começaram as visitas em Brasília e vieram ao Paraná para ver de perto dois programas oferecidos no Estado: o Mãe Curitibana e o Rede Mãe Paranaense.
Indicada como referência em atendimentos no Rede Mãe Paranaense, São José dos Pinhais recebeu a comitiva na Unidade de Saúde do bairro Quississana. Entre os temas abordados durante a visita o que mais chamou atenção dos chineses foi o controle e as baixas taxas de infecção de mãe para filho do vírus HIV, na hora do parto.
O Programa Rede Mãe Paranaense
Presente em todas as Unidades Básicas de Saúde de São José dos Pinhais, o programa Rede Mãe Paranaense propõe a organização da atenção materno-infantil nas ações do pré-natal e puerpério, além de acompanhamento o crescimento e o desenvolvimento das crianças – em especial no seu primeiro ano de vida.
É um conjunto de ações que envolve a captação precoce da gestante, o seu acompanhamento no pré-natal, com no mínimo 7 consultas, a realização de 17 exames, a classificação de risco das gestantes e das crianças, a garantia de ambulatório especializado para as gestantes e crianças de risco, a garantia do parto por meio de um sistema de vinculação ao hospital conforme o risco gestacional.
Durante o mês de agosto, ações de incentivo à saúde masculina são o foco da campanha Agosto Azul. Neste ano, a campanha é sobre os malefícios do tabagismo, alertando para a importância da adoção de hábitos saudáveis. Em São José dos Pinhais, a Secretaria Municipal de Saúde vai dar início às atividades no próximo dia 18, na Central de Treinamento do Paço Municipal – endereço Rua Passos de Oliveira, 1101.
Palestras sobre a importância de do cuidado diário com a saúde serão o foco do primeiro dia. No segundo dia, 19 de agosto, uma tenda será montada no calçadão da Rua XV de Novembro, em frente do Museu Municipal. Lá, serão oferecidas algumas ações de saúde, como aferição de pressão, avaliação nutricional, saúde bucal, entre outros.
A campanha motiva uma mudança cultural para que os homens procurem atendimento médico e se consultem com mais frequência. Normalmente não se fala de exame preventivo para homens, por isso é importante que o exame de próstata seja feito anualmente a partir dos 40 anos, desde que não haja casos familiares da doença. Exames de colesterol, glicemia e de coração também devem ser feitos.
Exames simples de diabetes, hipertensão, AIDS, colesterol, glicemia, hepatite e de coração estão disponíveis na rede pública de saúde e devem ser feitos para que se possa identificar enfermidades ainda em estágios iniciais.
TABAGISMO
O tabaco é um dos principais responsáveis pelas mortes das pessoas em todo o mundo, de acordo com os dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), 1 bilhão e 500 mil pessoas fumam, levando anualmente 4, 9 milhões de pessoas a óbito. Ou seja, 10 mil pessoas morrem por dia por causa de doenças relacionadas ao uso do tabaco.
Para a OMS, o tabagismo é a principal causa de morte evitável em todo o mundo, causando graves problemas respiratórios e no coração, além de diversos tipos de câncer. 48% da população masculina fumam, assumindo assim o risco de ter uma ou mais das 56 doenças causadas pelo tabaco. O tabaco é composto por produtos químicos prejudiciais à saúde. O cigarro, por exemplo, tem aproximadamente 4.700 substâncias tóxicas diferentes, podendo causar danos irreversíveis à saúde.
O abandono do tabaco traz mais qualidade de vida melhorando o paladar e o olfato, além de aumentar a capacidade respiratória. Os riscos de infarto e acidente vascular cerebral (AVC) diminuem pela metade depois do primeiro ano sem fumar.
Quem deseja parar de fumar deve procurar a Unidade de Saúde mais próxima. No Paraná, existem 250 ambulatórios especializados no tratamento da pessoa tabagista. Realizado por profissionais, o método tem a duração de 1 ano, que é o tempo necessário para que o fumante deixe o vício e não tenha recaídas. Só em 2013, mais de 11 mil paranaenses deixaram de fumar com apoio das equipes de Saúde.
O HOMEM
  • A cada cinco mortes de pessoas adultas entre 18 e 30 anos, quatro são de homens.
  • Os homens têm mais doenças do coração, cânceres, colesterol elevado, diabetes, pressão alta, tendência a obesidade
  • Não praticam atividades físicas com regularidade
  • Resistem em procurar os serviços de saúde e têm medo de descobrir doenças
  • Acham que nunca vão adoecer
  • Não seguem tratamentos recomendados
  • Estão mais expostos aos acidentes de trânsito e de trabalho
  • Utilizam álcool e outras drogas em maior quantidade
  • Estão envolvidos na maioria das situações de violência (Fonte: Ministério da Saúde).
O avião operado pela Air Algerie, que havia desparecido enquanto voava de Burkina Faso para a Argélia, caiu, disse um representante da agência argelina de aviação à Reuters nesta quinta-feira (24).
"Posso confirmar que o avião caiu", disse o funcionário, sem dar mais detalhes.
A informação foi confirmada também pela companhia aérea Air Algerie, que informou que o avião, um McDonnell Douglas MD-83, caiu em Tilemsi, no Mali, a cerca de 110 quilômetros da cidade de Gao.
A aeronave, de propriedade da companhia aérea espanhola Swiftair, fazia o trajeto de Ouagadougou, em Burkina Faso, para Argel, na Argélia. Ambas as empresas - proprietária e operadora - haviam informado a perda do contato com o voo na madrugada desta quinta-feira (horário de Brasília).
Uma autoridade da aviação civil argelina disse, em entrevista a emissora de televisão Ennahar, que a aeronave passou pelo espaço aéreo do Níger antes de cair.
Segundo a companhia argelina, o avião levava 112 passageiros e 7 tripulantes, sendo estes de nacionalidade espanhola. Já a empresa espanhola informou mais cedo que 110 passageiros e seis tripulantes, dois pilotos e quatro comissários, estavam no avião.
A Swiftair é uma companhia aérea privada criada em 1986. A empresa informou em uma nota postada em seu website que o avião decolou de Ouagadougou, na costa oeste da África, à 1h17, pelo horário local, e deveria ter aterrissado em Argel às 5h10, horário local, mas não chegou a seu destino.
A lista de passageiros do MD-83 inclui 51 franceses, 27 burquinenses, oito libaneses, seis argelinos, cinco canadenses, quatro alemães, dois luxemburguenses, um suíço, um belga, um egípcio, um ucraniano, um nigeriano, um camaronês e um malaio, informou o ministro dos Transportes de Burkina Faso, Jean Bertin Ouedraogo. Os seis tripulantes eram espanhóis, segundo o sindicato de pilotos da Espanha.
O avião enviou sua última mensagem por volta da 1h30 GMT (22h30 de quarta-feira, em Brasília), pedindo aos controladores de tráfego no Níger para mudar a rota, por causa de fortes chuvas na região, disse Ouedraogo.
Um diplomata em Bamako, capital do Mali, afirmou que uma forte tempestade de areia se abateu durante a noite sobre o norte malinês, que fica na rota de voo do avião.
Confusão sobre o momento do desaparecimento
A agência de notícias estatal argelina APS disse que as autoridades locais perderam contato com o voo AH 5017 uma hora depois de ele decolar de Burkina Faso, embora outras autoridades tenham dado informações diferentes sobre o momento do desaparecimento, o que aumentou a confusão sobre o destino do avião e onde ele poderia estar.
Em meio à confusão, uma autoridade da aviação civil argelina informou que o último contato com o avião foi à 1h55 GMT (22h55 em Brasília), quando sobrevoava a cidade de Gao, no Mali. Mas autoridades da aviação em Burkina Faso afirmaram ter passado o controle do avião para a torre de Niamey, no Níger, à 1h38 GMT. Elas disseram ter perdido o contato com o aparelho logo depois das 3h30 GMT.
Causas para a queda
O Ministério de Transportes argelino instalou um gabinete de crise no aeroporto de Argel.
O jornal local Al Watan disse que as autoridades não descartam nenhuma possibilidade entre as causas do acidente, como problemas técnicos, meteorológicos ou um atentado.
A região na qual o avião estava no momento do desaparecimento é o o nordeste do Mali, onde existem focos de jihadistas que lutam contra as forças regulares do país.
Avião teria sido usado pelo Real Madrid
Segundo o site do jornal espanhol Marca, o MD-83 que fazia o voo AH 5017, que caiu nesta quinta-feira (24), já foi usado pelo Real Madrid. O time espanhol teria usado a aeronave, de prefixo EC-LTV, entre 2007 e 2009.