Select Menu

.

.

Foto Destaque

® Jornal Online SJPNews 2014 ™. Tecnologia do Blogger.

d

d

As seleções masters de Brasil e Argentina empataram por 3 a 3 em desafio internacional realizado na Arena das Dunas, em Natal, na noite deste domingo. Nem todos os ex-jogadores divulgados pela organização apareceram, mas os 10 mil torcedores presentes fizeram uma festa bonita e vibraram muito com o gol do sérvio Petkovic, ídolo do Flamengo, com a camisa amarelinha.

 Ele foi a principal estrela da partida, sendo ovacionado a cada jogada, assim como o potiguar Souza, ex-Corinthians e América-RN. Pelo lado dos hermanos, destaque apenas para o volante Mancuso e o zagueiro Ruggeri, já que o atacante Caniggia não esteve em Natal - a Argentina escalou o "sósia" Daniel Cordone.

A lista dos nomes divulgados pela empresa promotora do evento tinha Donizete Pantera, Dodô, Mauro Galvão, Edilson Capetinha, Edmilson, Júnior Baiano, Emerson Sheik e Viola, além de Sensini e Ortega, mas nenhum destes apareceu. Athirson, responsável por formar a seleção brasileira, disse que teve problema com o pagamento do cachê de alguns, que preferiram não embarcar para Natal. Sobre Caniggia, André de Paula, organizador do evento, afirmou que a passagem aérea do carrasco do Brasil em 1990 foi emitida.

- Pode verificar passaporte, pode verificar o bilhete aéreo. As pessoas envelhecem também, né? Essa questão de trazer um jogador falso não é do feitio da agência. A gente teve três problemas com jogadores que perderam o voo no Rio, devido ao trânsito caótico, mas os demais estão todos aí - falou André.

Sem um atacante de origem, o Brasil teve Petkovic e Beto, ex-Flamengo e Botafogo, no ataque. O time começou jogando com Sérgio, Pimentel, Gelson, Jorginho e Athirson; Amaral, Maurinho, Adílio e Souza; Petkovic e Beto. No banco de reservas, apenas Thiago Coimbra, filho de Zico, e Nélio, eterna promessa do Flamengo, além de ex-jogadores escalados de última hora, como os meias Leandro Sena e Paulinho Kobayashi, ídolos do América-RN.

Em campo, Oscar Ruggeri, campeão do mundo em 1986, fez de cabeça e abriu o placar para os argentinos. Beto deixou tudo igual após escanteio cobrado por Souza. Esteban Fuertes, ex-River Plate e Cólon, em chute de primeira, colocou os hermanos à frente. Ainda no primeiro tempo, Petkovic sofreu e converteu pênalti, para alegria dos torcedores presentes e irritação dos jogadores argentinos, que ainda empurraram o árbitro do jogo. No segundo tempo, Souza, ex-Corinthians e Flamengo, marcou o terceiro do Brasil, mas Fuertes, em posição duvidosa, empatou o clássico.

- Estou muito feliz e é uma honra muito grande vestir a camisa da seleção brasileira. No último ano, eu engordei um pouco, mas, se tivesse em forma, poderia correr um pouco mais. A 10 sempre cai bem - disse Petkovic.

Globoesporte.globo.com
www.SJPNews.com

Conheça a história da Operação Lava Jato e do doleiro Alberto Youssef



Quem é Alberto Youssef, o homem que lavou mais de R$ 30 bilhões? O Fantástico mostra como uma investigação contra doleiros do Paraná acabou esbarrando no esquema de corrupção bilionário que atingiu a maior empresa do país, a Petrobras.
Eles foram apenas fechar um posto de gasolina. Os policiais não podiam imaginar que estavam começando a desmontar o maior esquema de desvio de verbas públicas descoberto no Brasil até hoje. No posto, em Brasília, também funcionavam uma casa de câmbio e uma lavanderia. No mesmo espaço eram lavados carros, roupas e dinheiro. No local surgiu o nome: Operação Lava Jato.
“Era uma investigação específica para atingir doleiros e a lavagem de dinheiro sujo no Brasil”, conta o delegado da Polícia Federal Igor Romário de Paula.
No dia 17 de março, entre dezenas de presos, um dos nomes nem ganhou muito destaque: era Alberto Youssef. O delegado que coordena a operação sabia que não estava prendendo apenas mais um doleiro.
“O maior operador financeiro no país”, destaca o delegado.
Youssef começou a vida como vendedor de pastel nas ruas de Londrina, cidade do norte do Paraná. Ainda adolescente, começou a contrabandear eletrônicos do Paraguai. Foi detido cinco vezes com muamba.
As viagens constantes para o país vizinho, dólares para lá e para cá, o levaram a mexer com câmbio. Envolveu-se em escândalos como o do Banestado, nos anos 90, no qual R$ 30 bilhões foram enviados para paraísos fiscais.
Em 2004, foi preso pagou uma multa recorde na época de R$ 1 milhão e abriu o bico. Naquela época, foi um dos primeiros criminosos do país a fazer um acordo de delação premiada.
“Ele contou como é que era o jogo na criminalidade, envolveu pessoas que foram presas. A gente imaginava que ele realmente estaria fora da atividade ilícita, mas não. Voltou e voltou com tudo pelo visto. Exercendo uma atividade, eu diria, até superior à que ele exercia”, disse o ex-promotor de Justiça Luiz Fernando Delazari.
Um banqueiro do dinheiro sujo, que circulava livremente pelos corredores do poder. Em Londrina, conheceu José Janene, deputado federal morto em 2010 e condenado no escândalo do mensalão.
Youssef sofisticou o esquema de lavagem de dinheiro. Além de enviar recursos para paraísos fiscais, ele montou uma rede de empresas de fachada para intermediar pagamentos de propina e firmar contratos fraudulentos com estatais.
A Lava Jato quebrou esse esquema. A polícia encontrou um cofre abarrotado de notas no escritório de Youssef. Para contar o dinheiro, duas máquinas, quatro pessoas e muitas horas de trabalho. Resultado: R$ 2 milhões. Mas os investigadores sabiam que ele tinha muito mais.
Enquanto o alvo eram os doleiros, a Operação Lava Jato investigava transações de milhões de reais. O salto para os bilhões veio com a prova da ligação entre Alberto Youssef e Paulo Roberto Costa. A dupla que planejava ações criminosas com tanto cuidado escorregou num detalhe. Um carro registrado no endereço de Alberto Youssef, em nome de Paulo Roberto Costa. E na placa o ano de nascimento do ex-diretor da Petrobras.
O carro custou R$ 250 mil e, segundo a investigação, foi o pagamento de uma propina pendente.
O endereço na nota é de um apartamento de Youssef, na Vila Nova Conceição, em São Paulo, um dos metros quadrados mais caros do país.
O esquema de corrupção na Petrobras envolveu contratos que somam R$ 89 bilhões.
Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef optaram pela delação premiada. O ex-diretor da Petrobras já contou o que sabia e está em prisão domiciliar usando uma tornozeleira eletrônica para não fugir.
O doleiro vai dar o último depoimento na terça-feira. Mesmo colaborando com a Justiça, deve passar pelo menos três anos preso. Também na sede da Polícia Federal, em Curitiba, estão mais 13 presos envolvidos no caso. Foram levados para lá no dia 14 de novembro.
Imagens do vídeo acima mostram parte da viagem do grupo de presos para Curitiba. Além dos empreiteiros, o ex-diretor de serviços da Petrobras, Renato Duque, foi escoltado até o avião da Polícia Federal. Não foi a primeira vez que empreiteiros foram presos no país. Mas nunca tantos diretores de empresas tão grandes foram levados juntos em uma operação policial.
“Se considerarmos as rendas pessoais nunca houve nada parecido numa custódia no país. Essa ideia de que um crime que boa parte da população acha que não tem punição no Brasil, que nunca é alcançado, e que agora a equipe vislumbrou efetivamente a chance de ter um resultado efetivo, rápido e muito simbólico pro país, foi aí que as coisas começaram a avançar de uma maneira muito rápida”, disse o delegado.
G1.globo.com
www.SJPNews.com
Audiência realizada na região rural da Campina do Taquaral (Foto: Chrystian Oliva/PMSJP)
A população de São José dos Pinhais tem mais uma oportunidade de conhecer a Lei do Plano Diretor, projeto que estabelece as diretrizes de desenvolvimento urbano e territorial para os próximos 10 anos, em nova audiência pública que será realizada no dia 05 de dezembro, às 19h, na Escola da Cultura, localizado na Rua Joaquim Nabuco, 3136 – Centro.
A proposta que será apresentada foi elaborada pela equipe da Secretaria de Urbanismo a partir das discussões levantadas nas oito audiências públicas regionais, realizadas em setembro deste ano, e das discussões com a Comissão de Acompanhamento e Equipe Técnica Municipal.
A proposta estará disponível para consulta pública a partir de segunda-feira, dia 24/11, na página do Plano Diretor  e as contribuições poderão ser enviadas ao email urbanismo@sjp.pr.gov.br até as 17h do dia 05 de dezembro de 2014.
SJP.PR.GOV.BR
www.SJPNews.com

Foto:Giro 190 Facebook

Uma festa de aniversário de uma adolescente de 13 anos no bairro Colônia Marcelino, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, terminou com a morte de um jovem de 22, de primeiro nome Wesley, na madrugada deste domingo (23). Segundo as primeiras informações por parte da Polícia Militar (PM), tudo começou quando o convidado resolveu dar em cima da mãe da aniversariante, organizadora do evento.
“O marido da mulher não gostou e foi tirar satisfação. A discussão ficou acalorada e a mulher deu uma facada de leve na mão do rapaz, que ficou revoltado e disse que iria matá-la, segundo testemunhas. Algumas horas depois, este Wesley retornou ao local com um facão e o filho da mulher entrou em luta corporal com ele, até tomar a arma e dar vários golpes”, explicou à Banda B o tenente Gonçalves, da PM.
Ainda segundo o tenente, o autor teria sido muito cruel, cortando as orelhas e outras partes do corpo da vítima. “O suspeito tem 20 anos, é irmão da aniversariante e não foi localizado até o momento. O marido da mulher que gerou a situação foi levado à delegacia para ser ouvido. A vítima era jovem, com um futuro pela frente, e por um rompante terminou assassinado desta forma”, descreveu.
O corpo foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML). O caso é investigado pela Delegacia de São José dos Pinhais.
Banda B

www.SJPNews.com
vacinacao_UBS_foto_antonio_bobrowec_2
(Foto: Divulgação/Sems)
No próximo sábado (22) acontece o reforço da vacinação contra a poliomielite e o sarampo em São José dos Pinhais. A campanha começou no último dia 8 e vai até semana que vem, dia 28. A vacinação ocorre em todas as Unidades Básicas de Saúde e o horário de atendimento é das 8h às 16h. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde até agora se atingiu 45% das crianças com idade de vacinação contra a poliomielite e 43% contra o sarampo.
“A meta de vacinação é de 95% da população. Contudo, o número de vacinados no Município não atingiu ainda a metade. Por isso informamos que neste sábado haverá mais um dia na semana para a vacinação contra a pólio e o sarampo e pedimos que os pais, que ainda não levaram seus filhos para vacinar, que aproveitem a oportunidade. A vacina é eficaz contra estas doenças e pode salvar vidas”, salienta a diretora de Vigilância Epidemiológica, Karen Krast.
Neste ano, como terá vacinação contra a poliomielite e também contra o sarampo, os pais ou responsável não podem se esquecer de levar a carteirinha de vacinação. Devem se vacinar crianças de seis meses a cinco anos incompletos (quatro anos, 11 meses e 29 dias) contra a pólio e de um ano a cinco anos incompletos, contra o sarampo.
''Em pouco mais de uma semana, a página já ultrapassa as 500 curtidas"

O grupo do Jornal Online SJPNews criou a página Área Rural de São José dos Pinhais no Facebook, com intuito informativo, mais acima de tudo turístico proporciona uma bela oportunidade para você internauta conhecer todas as colônias de nossa cidade.

Além disto quem curtir a página ficara informado de ações da prefeitura na região, festas e concorrerá a vários brindes! Clique no link e confira: www.facebook.com/arearuralemsjp?ref=tn_tnmn

Receba nossas notícias em seu e-mail. Cadastre-se!